9 de setembro de 2016

Peça do puzzle

Os dias da nossa vida são peças de um puzzle tão nosso nem sempre compreensível 

Hoje de rajada veio a notícia do falecimento de um tio. Foi completamente inesperado; ninguém sabe o porquê de uma indisposição ter ditado uma sentença. 
Antes de assimilar e gerir a perda de um parente, preciso saber como – se é que é possível – transmitir a outro meu familiar directo, irmão daquele? Esta pessoa tem vindo a trilhar um caminho sinuoso, luta contra uma doença grave e encontra-se no limite das suas forças.  Espero conseguir amenizar os estragos na sua saúde tão frágil.

Em boa verdade, ainda não assimilei o que se passou hoje.

A peça de hoje demorará a encaixar.


1 comentário: