7 de setembro de 2016

Jogos Paralimpicos 2016


Muito se fala de jogos Olímpicos e de jogos Paralímpicos enquanto estão a decorrer, claro! 
Fica sempre bem aos agentes de autoridade eleitos pousarem ao lado dos atletas.; se tiverem medalhas ao peito ainda melhor – tudo conta para o voto.
Esquecem-se de que o acesso ao desporto, amador e profissional, é um direito de todos. Nem só de futebol vive o homem – digo eu! 
Bem, não vou cortar mais na casaca de uns quantos engravatados. Vamos ao que interessa.

À data de 7 de Setembro de 2016 começam os Jogos Paralimpicos no Rio de Janeiro. 
Portugal faz-se representar por 37 atletas inseridos em 7 modalidades desportivas. 

Mais importante do que os resultados finais é o conhecimento, ainda que genérico, do que está por detrás das imagens, das campanhas e afins.
O que realmente interessa é o suor, a persistência e a impertinência de tantas pessoas envolvidas, profissional e voluntariamente. Quantos apoios negados? Meios de transporte, instalações de duche intolerantes à especificidade física da pessoa, são meros exemplos…

Sabem o valor das bolsas de preparação dos atletas Paralímpicos em comparação com os Atletas Olímpicos?

Será minimamente adequado empregarem-se conceitos como justiça, igualdade e inclusão?
Pois é, creio haverem senhores e senhoras inaptos a procurar no dicionário de qualquer idioma o significado dos vocábulos mencionados.

Porque o desporto aproxima as pessoas, supera barreiras e destrói muros (não só físicos), apoio os atletas que lutam, correm, suam, vencem e se superam, como todos nós. 

Força, campeões!


Sem comentários:

Enviar um comentário